terça-feira, dezembro 19, 2006

Foto Poema - Olho Máquina



olho máquina que vê sem olhar
morto olho divino que tudo vê
obsoleto olho humano que tudo entende
olho máquina
simplesmente está lá
verdades da matéria bruta.
está dentro e fora
luz e sombras
sem distância e sem tempo
que de tanto ver já não podemos imaginar
alias...nem existimos.


por [Henrique Parra]